02 março 2013

Testemunho-Processo de Mudança

Cá estamos em Março.
 
DESCULPEM O TESTAMENTO, MAS ACHO QUE VAI VALER A PENA!...
 
Então hoje resolvi que iria falar-vos um pouco do meu caso e de como cheguei a esta REVOLUÇÃO da hipertrofia (sim escrevi revolução, porque são tantas as criticas, que até os demais mortais aceitarem tem que se dar uma revolução, uma revolução de mentes)
 
A maioria das pessoas que fala comigo sobre exercicio e alimentação, acaba sempre por libertar as mesmas palavras...
"Estás paranoica..."
"Estás doente..."
"Come mas é para a fente..."
"Estás bem assim, para que andas nisso da musculação..."
"Já és magra, queres desaparecer..."
 
Gente...ACORDEM...
Eu COMO,muito e bem (provavelmente mais do que quem me diz estas palavras tão agradáveis de se ouvir...)
 
O MEU OBJECTIVO NÃO É EMAGRECER...
 
Já foi (quando tinha que perder 18,5kg ganhos com a gravidez)...
 
Sim, não me deixei ficar sentada no sofá, nem continuei com a alimentação exageramente adocicada que tinha na gravidez...
 
Custou, SIM...Claro que custou...
 
- Quantas vezes queria ficar sentada no sofá naquele momento que a bébé finalmente adormeceu....
 
- Quantas vezes me apetecia atacar um naco de pão naquele momento de desespero por já não saber mais o que fazer para que a bébé parasse de chorar...
 
Não é fácil, não é nada fácil... Ainda mais, quando se tem um bébé recém nascido que necessita de nós 24h por dia, cuidar da casa, da família, trabalhar e ainda conseguir forças para cuidarmos de nós...
 
(Claro que nem sempre tenho a casa mais arrumada do mundo, por vezes chego ao final de semana, com 3 bacias de roupa para passar a ferro, com muito pó acumulado nas mobilias, mas temos que conseguir tentar conciliar as coisas, se numa semana passo a roupa, na outra já posso dar atenção a outras partes da casa... Não sou escrava da minha casa, nem quero ser...Não é a mais arrumada, mas as coisas mantém se minimamente organizadas...)
 
Mas adiante...
 
Em Maio comecei com o meu processo de perda de peso, fiz aeróbico durante 5 dias por semana entre 45 a 60 minutos por dia, cuidei da minha alimentação, até porque tenho um problema crónico de saude que a isso me obriga (sindrome do cólon irritável + severa intolerância à lactose e alguns aditivos).
Em Setembro já estava com 62 kg mas ainda com gorduritas acumuladas, principalmente nas ancas e barriga (são as mais complicadas)...
A partir de Setembro comecei a fazer menos aeróbico e passei apostar em algum trabalho de musculação para tentar refirmar o corpo.
 
-De salientar que todos estes exercicios eram feitos em casa (meu maridão ofereceu me uma série de máquinas incluindo uma multifunções de musculação)...
Mas em Dezembro já sentia que não estava a fazer exercicios em condições, não sentia evolução, nem melhorias no meu corpo...
Nesta altura, continuei a emagrecer sem fazer por isso...
 
- Deixem -me referir que até Setembro estive em casa com a bébé 24h por dia e era muito dificil conseguir que ela dormisse mais que 60minutos seguidos...Raro aliás...Mas mesmo assim, no meio de tanto stress conseguia arranjar os meus 45-60 minutos de treino...
Por vezes completamente esgotada, mas lá estava firme...
Há um velho ditado que diz "A unica coisa que cai do céu é chuva"...Eu guio me por isso...
 
Lutar, lutar sempre...
 
Cheguei aos 56kg para 1.72m ...
Pois, a bem da verdade, acho que acabei por emagrecer devido ao stress e muitas noites mal dormidas (bébé doente demasiadas vezes)...
 
Em Janeiro resolvi que tinha que mudar...
Fui para o GINÁSIO.
Com baixo peso, mas com flacidez e algumas gorduras localizadas, O MEU OBJECTIVO:
 
GANHO DE MASSA MUSCULAR-HIPERTROFIA-
 
EU NÃO QUERO EMAGRECER....MAIS UMA VEZ -O MEU OBJECTIVO QUANDO FAÇO EXERCICIO FISICO NÃO É EMAGRECER...
 
Ninguém disse que era fácil, mas também se fosse fácil não teria o sabor de glória que tem quando ultrapassamos os nossos limites...
Então para a maioria das pessoas é mais fácil criticar e "deitar a baixo" do que aceitar e compreender uma mudança de estilo de vida...
 
Quem está mal somos nós, sim nós que comemos 7 vezes por dia, que comemos legumes e vegetais, arroz e massa, carne e peixe, frutas e bebemos água. Quem está mal somos nós, seres que consumimos suplementos de magnesio, multivitaminas, proteinas...
 
Nós que fugimos do que é "normal" (os fritos, os "mac's", as pizzas, as francezinhas, os refrigerantes, os doces...)...Nós é que somos os doentes e paranoicos....
 
Nós que fazemos exercicio fisico com orientação,que seguimos uma dieta orientada por nutricionista especializados...Vá, nós é que somos os paranoicos...
 
Então que assim seja...Quero manter me paranoica e doente ...Doente de saude e bem estar, paranoica por ver, sentir e ultrapassar os meus limites...
 
É ótima a sensação de colocar um peso que julgamos não conseguir mexer, mas que com esforço e garra conseguimos completar a série... Só quem faz hipertrofia e ultrapassa os seus limites sabe do que estou a falar...
 
A musculação não ajuda apenas a ter um corpo bonito, ajuda-nos a conhecer-mo-nos, ajuda-nos a encontrar forças que desconhecemos, e ao senti-las sabemos que noutras circunstâncias da vida conseguiremos usa-las...
"Oh pá se levanto 10kg e aguento, não é este problema que me vai deitar abaixo..."
 
A musculação alivia o stress, liberta bom humor, ajuda-nos a ganhar energia e auto-estima....
 
Ei pá....Estou ficar paranoica!
 
Concluindo:
 
1- Estou a treinar para aumentar a minha massa muscular;
 
2- Estou a comer, sim obrigada pela preocupação;
Sou orientada e acompanhada a nível físico e nutricional;
 
3- Ainda não sei como será a minha evolução, pois a nível de suplementos não posso ingerir os mais eficazes, mas com dedicação e bom acompanhamento chegarei lá.!
 
4- Quem gostar gosta, quem criticar que critique, quem não gostar que não goste...
 
5- Não faço isto por ninguém faço apenas por mim, e para que a minha filha sinta sempre orgulho na mãe que tem...





1 comentário:

  1. Adorei e parece que falaste por mim. Keep it going hot mama!


    :)

    ResponderEliminar